Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FarmacyCoach

Bem-Vindo ao meu Blog de Dicas de Saúde e Qualidade de Vida!

Quais são as substâncias que a ortomolecular utiliza para restabelecer o equilíbrio do organismo?

Terapia Ortomolecular.jpg

 

Quais são as substâncias que a ortomolecular utiliza para restabelecer o equilíbrio do organismo?

 Como saber se elas estão em falta ou em excesso no nosso organismo?

 

Estas são perguntas que oiço com frequência, e que hoje de uma forma simplista vou responder.

 

 Todas as células do corpo produzem energia com a finalidade de fabricar vários tipos de moléculas necessárias para o seu bom funcionamento.

 

Nesse processo de produção de energia e síntese de substâncias que mantêm o equilíbrio, uma parte do substrato para ativar esse processo é composto por substâncias que o próprio corpo sintetiza, mas 48 dessas substâncias o corpo não consegue sintetizar, e estas têm que vir através da alimentação e respiração. 

 

 Tais substâncias são denominadas de “Nutrientes Essenciais”, daí que necessitamos de um aporte nutricional adequado, em elementos essenciais, e não é difícil compreender que a falta de um ou mais destes elementos prejudica o funcionamento das células e, consequentemente, do organismo como um todo.

 

Quais são os nutrientes essenciais?

 

Estes encontram-se divididos em vários grupos:

  • Aminoácidos: 1-Histidina; 2-Leucina; 3-Isoleucina; 4-Valina; 5-Lisina; 6-Metionina; 7-Fenilalanina; 8-Treonina; 9-Triptofano

 

  • Ácido Gordo Essencial: 10-Ácido linoleico

 

  • Vitaminas: 11-Tiamina (B1); 12-Riboflavina (B2); 13-Niacina (B3); 14-Piridoxina (B6); 15-Ácido fólico (B9); 16-Cobalamina (B12); 17-Ácido pantoténico (B5) ; 18-Biotina; 19-Ácido para-amino-benzóico (PABA); 20-Inositol; 21-Colina; 22-Ácido ascórbico (C); 23-Retinol(A); 24-Calciferol (D); 25-Alfa tocoferol (E); 26-Menadiona (K)

 

  • Sais minerais: 27-Sódio; 28-Potássio; 29-Cálcio; 30-Fósforo; 31-Magnésio; 32-Manganês; 33-Ferro; 34-Cobre; 35-Zinco; 36 – Selénio; 37 – Cromo; 38- Iodo; 39 – Enxofre; 40 – Lítio; 41 – Boro; 42 – Flúor; 43- Vanádio; 44- Molibdênio; 45-Ácido lipóico; 46-Bioflavonóides (rutina, hesperidina, quercetina)

 

  • Outros: 47-Água, 48-Oxigênio

 

O papel das vitaminas, aminoácidos, ácidos gordos, enzimas e minerais, está em permanente revisão graças a diversos estudos que são efetuados com frequência e com bastante rigor científico.

 

Como saber se estão em falta ou em excesso no nosso organismo?

 

Através de vários exames:

  1. Exame clínico (anamnese e exame físico)
  2. Exames laboratoriais: exames de sangue
  3. Mineralograma capilar
  4. Biorressonância
  5. Outros

 

Para ter uma boa Saúde basta tomar os nutrientes em falta, em forma de suplementos?

Não!

Antes de qualquer apoio terapêutico, mesmo sendo natural e sem químicos, devemos mudar os hábitos de vida, com estímulo à adoção e manutenção de hábitos saudáveis de vida e eliminação dos maus hábitos.

 

 

É aconselhável uma boa avaliação bionutricional, com orientação para mudanças do estilo de vida, diminuindo radicais livres no organismo para assim, se conseguir um envelhecimento saudável e evitar o surgimento de doenças.

 

É um grande erro pensar-se que a toma de suplementos alimentares é o grande “elixir da juventude”, é preciso antes disso Praticar Bons Hábitos de Vida!

 

Então, porquê que, mesmo mudando os hábitos de vida é necessário  suplementar?

 

Porque é difícil conseguir-se os nutrientes necessários, tendo em conta as quantidades diárias necessárias.

Isto porque: 

 

  • Os solos de hoje estão pobres de nutrientes e assim os alimentos já não são tão nutritivos,

 

  • Os alimentos são muito cozinhados, precisamos de comer mais alimentos crus,

 

  • A má mastigação altera a absosrção dos nutrientes,

 

  • O excesso de agrotóxicos, presente na maioria dos alimentos, especialmente as frutas e vegetais, também diminui o seu valor nutricional, além de ser prejudicial ao nosso organismo,

 

  • O uso de antibióticos e promotores de crescimento nos animais, favorecem uma alteração na composição protéica dos animais,

 

  • A vida com excesso de stress, a poluição e todos os malefícios da vida agitada dos dias de hoje, alteram todo o aparelho digestivo, trazendo desequilíbrios que não deixam digerir nem absosrver bem os nutrientes,

 

  • O excesso da produção de radicais livres faz o organismo "gastar" mais antioxidantes.

 

  • O uso abusivo de alimentos industrializados (anti-nutrientes), leva a uma desnutrição grave, que pode gerar grandes desequilíbrios causadores de muitas doenças.

 

Muitos são os fatores a considerar, incluindo o fator genético, mas podemos usar a epigenética como a grande ferramenta de Prevenção de Doenças.

 

Se achou útil, partilhe! Ajude-me a espalhar saúde!