Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FarmacyCoach

Bem-Vindo ao meu Blog de Dicas de Saúde e Qualidade de Vida!

"Minuto de Reflexão" - Qualidade de Vida do Idoso e Ambiente Familiar!

 

idosos.jpg

 

"Minuto de Reflexão" 

 

A Longevidade de um idoso depende da sua Qualidade de Vida!

 

Hoje deixo-vos aqui algumas considerações sobre um tema muito importante que é a saúde do idoso e sua “caminhada” com mais qualidade de vida.

 

O desafio nos dias de hoje já não é viver mais, mais viver melhor. A expectativa de vida aumentou consideravelmente comparada há 20, 30 anos atrás.

Com o avanço da medicina, dos tratamentos e medicamentos disponíveis, é possível viver muito mais mesmo com alguns problemas de saúde que geralmente aparecem na Terceira Idade.

 

Hoje existem cada vez mais idosos com uma idade muito avançada, o segredo segundo eles para chegar tão longe é não parar, terem uma alimentação saudável, praticar algum exercício físico diário e manterem-se socialmente ativos. Este aspeto é muito importante, pois que, o contacto com outras pessoas ajuda no combate, e prevenção de doenças como a depressão.

 

O isolamento, e a solidão fazem muito mal ao coração, manterem-se integrados às pessoas, à família, terem agenda cheia, cultivar boas amizades, manterem uma boa convivência com as pessoas ao seu redor, não serem mal-humorados, mudarem sempre, diversificarem, manterem o cérebro ativo através de leitura, jogos, terem uma atividade de que gostem e, muito importante manterem-se ativos, após entrarem na reforma são fatores positivos para alcançarem a longevidade.

 

Reinventarem-se, procurar fazer coisas novas, pois nunca é tarde para aprender, não se acomodarem, terem uma enorme capacidade de adaptação às mudanças, ter fé, são outros fatores benéficos.

 

 De todos os fatores descritos, a família tem um papel essencial, uma família bem integrada com o idoso, e ele a ela, traz muita felicidade.

 

É importante, o respeito, a dignidade, a presença dos filhos, dos netos, o reconhecimento, isso gera alegria e a uma saúde emocional ideal, que leva o idoso a ter mais forças para continuar a lutar, e não se deixar abater por qualquer problema.

 

A qualidade de vida dos idosos é muito importante para evitar o agravamento das doenças comuns da velhice, é importante deixar eles desenvolverem e manterem a sua autonomia o mais que puderem e estimulá-los a manterem-se atualizados sempre lhes fornecendo educação permanente.

Tem que haver vigilância para os cuidados em casa a fim de serem evitados acidentes, principalmente as quedas que são um dos fatores que mais levam à dependência e até mesmo ao óbito em idosos acima de 80 anos, e fornecer uma saúde integrada ao idoso, com foco na prevenção e reabilitação.

 

 Precisamos melhorar a nossa convivência, assim também como ensinar as nossas crianças, a relacionarem-se melhor com as pessoas mais velhas, lidar melhor com o idoso, ensinar, capacitar profissionais, educadores, etc.

 

Existem muitos casos de abandono de idosos, nos hospitais, nos lares, e isso é um problema de Saúde Pública.

 

Aonde vamos parar se não pensarmos hoje em estratégias para promover uma melhor assistência aos idosos no nosso País? Como será o nosso futuro amanhã?

 

É preciso reflexão, mas principalmente ação!

 

Cada um de nós tem que fazer a sua parte! Com muito amor e paciência.

 

Afinal, nunca é demais lembrar que os idosos de hoje, foram pais ontem e, certamente não lhes faltou paciência e tempo para criar os seus filhos.

 

Eles tiraram "muita vida" das suas" vidas" para dar "vida" aos filhos...

 

Agora é chegada a hora de os filhos tirarem pelo menos "um pouco das suas vidas" para darem VIDA aos seus pais.

 

Concorda comigo?

 

Partilhe!